Inscrição para programa de bolsas do ITS sobre o clima termina dia 28 de março

A iniciativa visa promover estudos secundários da pesquisa sobre a percepção dos brasileiros sobre as mudanças climáticas

publicado em

22 de março de 2021

categorias

{{ its_tabs[single_menu_active] }}

tema

Inscrições encerradas!

Pesquisadores interessados em realizar análises devem se apressar. As inscrições para participar do programa de bolsas de pesquisa do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) sobre as mudanças climáticas terminam domingo, dia 28 de março. O programa de bolsas da pesquisa “Mudanças Climáticas na percepção dos brasileiros” visa incentivar análises secundárias sobre os dados quantitativos do estudo, que foi realizado pelo Ibope Inteligência no ano passado.

Os candidatos interessados em participar têm à disposição a base de dados aberta e o desafio de traduzir os resultados de forma tradicional ou inovadora a partir da produção de artigos, vídeos, infográficos e textos de Medium. Os contemplados pela bolsa de R$3.000,00 terão dois meses para produzir um uso secundário dos dados do estudo, ou que explique os dados atuais para novas audiências. O ITS selecionará até quatro membros para participar, conforme as regras e condições da chamada pública divulgada pelo Instituto.  

Fabro Steibel, diretor-executivo do ITS, explica que além de entender a percepção dos brasileiros sobre o tema, a pesquisa buscou levantar dados de infraestrutura para organizações que trabalham e pesquisam clima. “O prazo curto de desenvolvimento de pesquisa é proposital para incentivar uso de metodologias ágeis e para favorecer conexão com projetos e pesquisas que já estejam em andamento. A equipe do ITS estará disponível para ajudar os selecionados a atingir resultados que combinem conhecimento acadêmico com comunicação de ciência”.

Mais informações sobre a pesquisa podem ser acessadas em: https://www.percepcaoclimatica.com.br/.  “Mudanças Climáticas: a Percepção dos Brasileiros” é uma pesquisa quantitativa, realizada pelo IBOPE Inteligência e encomendada pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade – ITS Rio em parceria com o Programa de Comunicação de Mudança Climática da Universidade de Yale, com uma amostra de 2.600 entrevistas,  representativa da população brasileira com 18 anos ou mais em todas as regiões do Brasil. O período de campo do estudo foi de 24 de setembro a 16 de outubro de 2020. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para o total da amostra, considerando-se um nível de confiança de 95%.