Arte Feita em Código: lançamento de livro

palestrantes Patricia Oakim, Sérgio Branco

inscrições encerradas

categorias

{{ its_tabs[single_menu_active] }}

tema

O que são artistas-programadores? O que significa criar arte com código, utilizando linguagens de programação? Arte feita com um programa de computador ainda é arte? Será possível comparar código-fonte com pincel e tinta?

Desde a década de 1960, diversos artistas vêm experimentando com a tecnologia computacional na criação de suas obras de arte. E diferentes linguagens surgiram desde então com o objetivo de levar a programação para além dos muros da engenharia. O Processing, umas dessas linguagens, surgiu no Massachusetts Institute of Technology (MIT) com o objetivo de facilitar a programação nas artes visuais.

Em um mundo cada vez mais intermediado pelo software, o debate sobre o aprendizado de programação como uma questão de alfabetização digital se torna crucial. Quando apertamos botões em uma interface digital, estamos no comando ou estamos sendo dominados pela tecnologia?

O livro Arte Feita em Código, de Patricia Oakim, é resultado da pesquisa de mestrado da autora na PUC-SP e percorre temas como a alfabetização digital, a educação hacker e as práticas de compartilhamento e colaboração online para se pensar o universo cultural da arte feita em software. Na Varanda ITS #79, a autora conta como foi a pesquisa para a produção do livro e bate um papo com Sérgio Branco, diretor de Educação do ITS, sobre tecnologia, programação e muito mais.

O debate precederá a sessão de autógrafos do livro Arte Feita em Código, de Patricia Oakim, da editora Intermeios.

palestrantes

{{ pessoas.pessoaActive.title }}

×

informações

{{ informacao.title }}

gostou do tema?

é rapidinho 😉