Simpósio internacional: Inteligência Artificial e Inclusão

Organizado como parte do plano de trabalho da Network of Centers (NoC)

área de pesquisa

categorias

{{ its_tabs[single_menu_active] }}

tema

A Inteligência Artificial (IA) começou a moldar aspectos importantes da economia digital, afetando as principais áreas das nossas sociedades. Seja transporte, fabricação, justiça social, saúde ou educação, a inteligência artificial tem o potencial de impactar profundamente nossas vidas e moldar nosso futuro individual e coletivo de forma visível e não. A promessa de tecnologias baseadas em inteligência artificial é enorme e os benefícios variam de ganhos de eficiência a melhorias sem precedentes na qualidade de vida da população. Os desafios e os riscos potenciais são igualmente surpreendentes, por exemplo, quando se considera a incerteza quanto ao futuro do trabalho ou o surgimento de novas estruturas de poder fora do controle dos regimes atuais de governança e responsabilização. Mais especificamente, o acesso desigual e o impacto da inteligência artificial em populações frequentemente marginalizadas, que incluem comunidades pobres urbanas e rurais, mulheres, jovens, LGBTQ, grupos étnicos e raciais, pessoas com deficiência – e particularmente as que estão na interseção desses grupos marginalizados – contribuem para o risco de ampliação das desigualdades em todo o mundo.

Em novembro de 2017, a Global Network of Internet & Society Centers (NoC) receberá pesquisadores de mais de 40 países para abordar as oportunidades e desafios das tecnologias baseadas em inteligência artificial, refletindo sobre oportunidades de inclusão. O evento, que acontecerá entre 8 e 10 de novembro de 2017, no Rio de Janeiro, irá identificar, explorar e abordar as oportunidades e os desafios da inteligência artificial (IA) à medida em que buscamos construir um mundo melhor, mais inclusivo e diversificado.

A conferência é organizada em nome da NoC pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS Rio) e Berkman Klein Center para Internet e Sociedade da Universidade de Harvard, em colaboração com o Museu do Amanhã e apoio do Fundo de Ética e Governança da Inteligência Artificial, International Development Research Centre (IDRC) e Open Society Foundations (OSF).